Omi’s Sautéed Potatoes | Receita de batatas do Outback

 

 

 

IMG_2679

 

Então, eu tenho um painel de saladas no Pinterest. Porque minha relação com salada é assim: uma piada. Eu não gosto, eu nunca tenho legumes e vegetais em casa, eu não tenho paciência pra fazer. A sorte do meu corpo é que gosto muito de frutas e deve ser por isso que ainda não morri de inanição. Aí que dia desses quis ser saudável. Estava numa daquelas semanas que a gente come nosso peso em pizza e decide que não, naquela noite tudo será redimido. Iria jantar só uma saladinha. E comecei a navegar pelo meu painel Além do Alface, já me sentindo uns quilos mais leve. Claro que eu não tinha muitos ingredientes em casa. Basicamente, o que eu tinha era batata. Aí que, encontrei essas lindas batatas queimadinhas. E tentei a sorte! O problema é que… bem… não era bem uma salada. Aqui você descobre junto comigo como eu descobri que minha salada de batatas na verdade era uma receita de batatas fritas que não perdem nada para as batatas fritas do Outback!

 

—-

 

A receita original, em inglês, você encontra aqui. Tirei do Pinterest e vem do site What’s Gaby Cooking.

 

original

 

O PROCESSO:

 

  • O primeiro passo é imaginar que você vai fazer uma salada. Porque aí quando você vir que a salada virou batata frita, a receita automaticamente fica mil vezes mais gostosa. Você fica feliz e pode fingir que não sabia. Tá, não precisa disso. Continue lendo.

IMG_2658

  • É batata frita, mas não é aquela coisa gorda cheia de óleo. Vai pouco óleo na receita, por incrível que pareça. E é isso que deixa a batata crocante!

IMG_2660

  • Vai manteiga, mas a gente pode ignorar, juntos, esse fato.

IMG_2678

O QUE EU APRENDI: dá pra comer batata frita do Outback sem pagar caro por isso.

TENTARIA DE NOVO? sim, dessa vez sabendo que não se trata de uma salada.

E QUANDO EU TENTAR DE NOVO, TENTAREI ASSIM:

Receita de Batatas do Outback

INGREDIENTES

  • 6 batatas
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1/2 cebola picada
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (chá) de alho esmagado
  • Flor de sal e pimenta (usei pimenta do reino) a gosto

IMG_2662

IMG_2663

IMG_2666

IMG_2669

MODO DE FAZER

Coloque as batatas com casca e tudo numa panela cheia de água e sal.

Deixe a água ferver e espere 20 minutos. As batatas já deverão estar mais macias. Jogue fora a água e espere as batatas ficarem menos quentes.

Tire a casca e corte as batatas em rodelas (quanto mais finas, melhor).

Aqueça o óleo em uma frigideira larga e antiaderente (não fiz isso, porque não tenho uma, claro). Quando o óleo estiver quente, coloque as batatas, todas viradas de um lado (não adianta deixar uma em cima da outra).

De tempos em tempos, mexa a frigideira para não grudar.

Quando você perceber que elas já estão mais coradas e com os queimadinhos marrons, vire as batatas para o outro lado.

Repita o procedimento até perceber que elas estão com carinha de saudável dos dois lados.

Tire um pouco da gordura, com um guardanapo.

Acrescente a cebola, e deixe aquecer até que ela fique marrom.

Desligue a panela.

Acrescente a manteiga, o alho, o sal e a pimenta e misture bem.

IMG_2672

IMG_2674

IMG_2675

IMG_2681

IMG_2682

 

—-

O ovo frito é só uma piração aí no meio. Basicamente, foi o ovo frito mais bonito que já fiz e fiquei emocionada. :)

O resultado é que meu jantar não ficou nada light, mas descobri uma receita sensacional que você também deveria tentar.

Tem alguma sugestão de receita? Tem uma receita de salada que eu deva tentar? Deixe um comentário! :)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: