“Risotto con gamberoni, rucola e limone” ou Comédia de arroz sete grãos com rúcula e camarão

IMG_2311

Era uma dessas quarta feiras em que se faz frio em São Paulo. Minha vontade era chegar do trabalho, fazer um molho a bolonhesa e comer com um macarrãozinho rápido, mas não sei, tenho alguns problemas, disso eu sei. A empolgação com esse blog novo me fez ter a genial ideia de cozinhar alguma coisa do Pinterest. Busquei algum molho a bolonhesa diferentão e não achei nada. Mas esbarrei nessa receita de risoto de camarão que me chamou a atenção porque, por grande coincidência, eu tinha todos os ingredientes em casa. E precisava fazer algo com os camarões que minha mãe trouxe já há um tempo e estavam no freezer, afinal. Digo que esses camarões foram um belo presente de grego. Pense num cardume de camarõezinhos pequenos enchendo seu freezer – todos sem limpar. O perrengue começou aí. E terminou num erro fundamental: eu tinha todos os ingredientes em casa, sim. Menos, claro, o arroz de risoto. Que descobri, no meio do caminho, que não poderia ser assim tão facilmente substituído por arroz sete grãos.

—-

A receita original, em italiano, você encontra aqui. Tirei do Pinterest e vem do blog Di Pasta Impasta.

original

—-

O PROCESSO:

  • Já comecei bem, me embananando com a tradução engraçada que o Google Translator me deu. Acontece que a receita falava várias vezes de um tal de fumetto, que o Google me traduziu, muito apropriadamente, assim:

“16 camarões
cômico
1 cebola”

Como não achei de bom tom jogar meu DVD do Chaplin ou alguns gibis dentro da minha receita, decidi por ignorar completamente essa parte cômica da receita, e seguir em frente. Pelo que entendi, fumetto é um caldo com aipo, “algumas pimenta” (segundo o Translator), vinho e a CARCAÇA DO CAMARÃO (sim, cabeça, rabo, essas loucuras todas). Acontece que meus camarões, por mais sujinhos que estivessem, já estavam sem cabeça e rabo há muito tempo. Sorri e continuei.

IMG_2308

  • A receita fala para cozinhar o fumetto por PELO MENOS 30 minutos. É claro que não entendi que (ou se) era pra eu ter colocado água junto com o aipo e as pimenta. É claro que, em questão de minutos, o vinho já tinha evaporado, e nada de fumetto cozido em 30 minutos. Em 3 minutos, udo que eu tinha eram cenouras murchas e alguns camarões muito confusos (coloquei eles ali pra ver se davam o mesmo efeito que a casca que a receita pedia). Pelo menos isso posso dizer que acertei: foi cômico pra caramba.
  • Só uma coisinha sobre as cenouras murchas aí de cima: usei elas para substituir o aipo. Porque faz sentido. Porque eu não tinha aipo em casa. Aliás, acho que nunca terei aipo. Alguém costuma ter aipos?
  • No meio do caminho, me arrependi amargamente e tirei toda a cenoura enquanto o arroz cozinhava.

IMG_2295

  • Não sei o que deu em mim nas últimas compras, mas buscando nos meus armários encontrei 3 tipos de arroz na minha casa. Tinha integral, normal, sete grãos, arroz de tudo. Menos de risoto. Não tinha noção na minha cabeça também, e decidi usar arroz 7 grãos para fazer o meu risoto. Dica: não tente isso em casa. O arroz sete grãos fica ainda mais seco e solto que o arroz normal, e nunca vai dar a liga de um risoto, nem que você jogue cola escolar dentro da panela. Acha isso lógico? A Francine de alguns dias atrás não achava.

IMG_2302

  • Confesso que achei que tudo ia ficar bem ruinzinho no final. Mas ó, ficou só um pouco ruinzinho. No final, não tive um risoto, mas as raspas de limão deram um gosto bem batuta pra coisa toda. E acho que com camarões maiores podíamos ter uma receita vencedora! Ficou até com gosto de saudável.

IMG_2299

O QUE EU APRENDI: 1. arroz sete grãos NÃO é arroz para risoto. 2. nunca mais aceito camarões da minha mãe.

TENTARIA DE NOVO? não sei se foi o trauma de ter passado 1 hora limpando camarões, mas achei muito trabalho pra pouco resultado.

MAS SE EU TENTASSE DE NOVO, TENTARIA ASSIM:

Receita cômica de arroz sete grãos com rúcula e camarão

ingredientes
200g de arroz sete grãos
Camarões grandes, a gosto
1 cebola + 1 dente de alho
1/2 xícara de vinho branco seco
Rúcula fresca a gosto (se você pretende guardar as sobras para comer depois, não coloque a rúcula!)
Raspas de 1 limão
Óleo de oliva
Sal + pimenta a gosto

IMG_2297

Modo de fazer

Pique a cebola e o alho.

Refogue com o óleo de oliva.

Em seguida, jogue os camarões e deixe ferver até que eles fiquem rosados.

Separe os camarões.

Na mesma panela, jogue o arroz.

Cubra com o vinho e espere secar.

Cubra todo o arroz com água, tempere com o sal e pimenta e cozinhe até os 7 mil grãos ficarem razoavelmente molinhos. Demora pra burro!

Quando você achar que está bom e toda a água já secou, adicione a rúcula picada e os camarões cozidos previamente.

Jogue as raspas de limão e mexa bem.

Eu poderia dizer que regar um pouco de vinagre balsâmico e ralar parmesão no final ficaria gostoso, mas aí corro o risco de parecer cafona.

IMG_2312

E aqui vai uma foto do meu queridíssimo relógio Kitty Cat, que sofreu uma operação de emergência no final da receita (nada relacionado com a receita, no entanto, é que aquele dia eu estava inspirada, mesmo).

—-

Tem alguma sugestão de receita? Sabe o que é fumetto e está doido pra me contar? Deixe um comentário! :)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: